Mato Grosso do Sul terá base de bombeiros em Água Clara com pista para avião de combate a incêndios florestais

Categoria: AÇÃO ESTRATÉGICA, COMITE DO FOGO, INCENDIOS | Publicado: terça-feira, abril 26, 2022 as 11:10 | Voltar

O combate aos incêndios que registraram 9.377 focos no ano passado em Mato Grosso do Sul, é prioridade do Governo do Estado que está construindo uma nova base do Corpo de Bombeiros em Água Clara. Além de garantir um efetivo especializado, o local terá uma pista de pouso para o Air Tractor, o avião especial de combate aos incêndios florestais. O empreendimento foi anunciado pelo secretário de Produção, Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico e Agricultura Familiar (Semagro) Jaime Verruck, durante o lançamento da 10ª Campanha de prevenção e Combate aos Incêndios, feita na manhã desta terça-feira (26) na Famasul, em parceria com a Reflore MS.

Com o tema “Fogo Zero- Rápido na reação, constante na prevenção, a Reflore MS e empresas associadas em parceria com o Sistema Famasul e Senar-MS e Governo do Estado por meio da Semagro apresentaram as ações que serão desenvolvidas para criar uma cultura permanente de prevenção a incêndios florestais em Mato Grosso do Sul.

De acordo com Jaime Verruck, a base de combate a incêndios de Água Clara será a segunda específica para este fim na região. “Recentemente foi instalada uma base em Ribas do Rio Pardo que já recebeu parte dos equipamentos e efetivo para o combate de incêndios. Agora o Governo está montando outra base e com a parceria de uma empresa privada de Água Clara, a Greenplac, nós vamos entrar com a área e ela vai construir uma pista de pouso de avião. Estes eram compromissos que tínhamos firmado com a Reflore e eles estão sendo cumpridos”, enfatizou.

Em termos de infraestrutura, ele destacou que em 2019, o Governo do Estado se comprometeu em fazer investimentos de R$ 56 milhões em equipamentos. “Já recebemos boa parte destes equipamentos, alguns não chegaram em função de entrega mas já estão licitados. Avião já recebemos o primeiro e em outubro esperamos receber a segunda aeronave de combate a incêndios, que será disponibilizada aos bombeiros. No entanto todo o nosso foco está na questão da prevenção”, destacou Verruck.

Segundos dados divulgados pelo Ibama, Mato Grosso do Sul registrou 9.377 focos de incêndios em 2021. São várias as causas que geram incêndios, entre elas estão: fenômenos naturais, incidentes/acidentes, expansão de áreas rurais, cultura (hábitos, comportamentos) e principalmente o analfabetismo ambiental. Estima-se que grande parte dos incêndios são causados por humanos, por isso a importância de conscientizar as pessoas do campo e da cidade.

De acordo com o presidente da Reflore/MS, Junior Ramires, em um trabalho contínuo de prevenção e combate aos incêndios florestais, a união das empresas do setor de base florestal com a Associação e produtores rurais, entidades e agendes públicos, tem sido extremamente importante.

“O tema da nossa Campanha, ´Fogo Zero – Rápido na reação, constante na prevenção’, é o lema diário de todos que estão envolvidos na base florestal. Diariamente o setor busca prevenir e combater os incêndios. Para se ter uma ideia, hoje muitas empresas deste segmento contam com brigadas de incêndios, possuem profissionais capacitados para lidarem de forma rápida e eficaz em situações de risco e fazem monitoramento de focos por câmeras e sensores de fumaça. Tudo isso e muitas outras ações, nos auxiliam a ser rápidos em casos de incêndios e constantes na prevenção”, destaca Ramires.

Publicado por: Rosana Siqueira

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.