Analista financeiro conceitua ‘safra de transição’ no Circuito Aprosoja em Naviraí

Categoria: Geral | Publicado: quarta-feira, novembro 11, 2015 as 11:21 | Voltar

Foi com um alerta que o analista financeiro, Miguel Daoud deu o tom da palestra ministrada no Circuito Aprosoja, em Naviraí, nesta terça-feira (10): “Temporada 2015/2016 é a safra de transição”. Ele acredita que daqui pra frente o cenário não será favorável e o produtor precisa se adequar à previsão de alta do dólar que afetaria o custo de produção. O circuito é o principal evento de pré-safra do País, realizado pela Aprosoja/MS – Associação dos Produtores de Soja e Milho de MS em parceria com o sindicato rural de Naviraí.

O especialista afirma que até o momento o gasto com insumos, apesar de alto devido a variação cambial, está dentro do previsto. “Mas de agora em diante a situação deve ficar mais apertada, principalmente para soja e milho. Em culturas como café, arroz, laranja, o quadro já está diferente”, por isso a safra de transição, explica Daoud.

Durante a palestra, que contou com a presença de mais de 130 pessoas, Daoud apresentou o atual quadro econômico de países como Estados Unidos, China, Europa e do Brasil e falou do futuro da agropecuária brasileira. “Temos água, terra e capacidade de produzir, mas muita coisa pode atrapalhar o crescimento agropecuário, como por exemplo a logística, as questões tributárias, as taxas de juros e o cenário político”, conclui o palestrante.

Para o presidente da Aprosoja/MS, Christiano Bortolotto, que fez abertura do Circuito, o produtor precisa estar preparado para o aumento exponencial da demanda mundial. “Conhecer o mercado e planejar antecipadamente a safra é uma das ferramentas para se obter bons resultados no plantio e na colheita desta temporada. Precisamos atender o aumento na demanda mundial por alimentos”, ressalta o presidente da Aprosoja/MS, Christiano Bortolotto.

O Circuito Aprosoja leva até os principais centros produtores informações técnicas e econômicas relacionadas ao cultivo de grãos, custos de manejo, tecnologias e mercado futuro, entre outros. Este ano já percorreu os municípios de Dourados, Chapadão do Sul, Maracaju, Coxim, Rio Brilhante, Sidrolândia e Amambai e Sidrolândia, somando 800 participantes entre agricultores, técnicos e estudantes.

No dia 19 de novembro será a vez de São Gabriel do Oeste receber o Circuito. O evento será no Lions Clube do município, a partir das 19h, com a palestra ‘Soja e Milho 2015/2016’, do engenheiro agrônomo e analista financeiro, Fernando Muraro.

Publicado por:

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.